Estudo da Frequência Cardíaca de Atletas de Handebol Segundo Situação de Jogo, Durante 03 Partidas Oficiais dos 42° Jogos Regionais da Zona Leste do Estado de São Paulo

Por: Pedro Pinheiro Paes Neto.

115 páginas. 1999 14/12/1999

Send to Kindle


Resumo

A preocupação com a saúde e a melhoria da qualidade de vida tem levado a um aumento do número de pessoas engajadas na prática de uma atividade física regular, e o esporte, como fenômeno sócio cultural, acompanha esse crescimento. O estudo da intensidade de esforço físico, durante as atividades esportivas, assume um papel importante para a adequação das diferentes modalidades aos diferentes objetivos de seus praticantes. O presente trabalho teve como objetivo estudar a freqüência cardíaca (FC) de jogadores de handebol, segundo as diferentes situações defensivas e ofensivas, durante 03 jogos oficiais dos 42° Jogos Regionais da Zona Leste do Estado de São Paulo - 1998. Partindose de perspectiva observacional descritiva, 15 jogadores adultos (idade média de 23,2 ± 2,9 anos) participaram desse estudo, sendo 07 monitorados, em cada partida, através da utilização de freqüencímetros de pulso, do modelo Polar Vantage Night Vision. Os jogos foram filmados para o registro das variações das diferentes situações de jogo. Os resultados demonstraram que os jogadores apresentaram uma variação da FC de 157 a 168bpm ao longo dos 3 jogos, indicando um predomínio na zona 111 (zona mista, aeróbia e anaeróbia) de intensidade de esforço físico. A variação da FC, nas diferentes situações defensivas e ofensivas, não apresentou diferença significativa entre os jogos estudados. 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.