Estudo das Adaptações Posturais Momentaneas Decorrentes da Aplicação Progressiva de Sobrecarga Unilateral

Por: Mônica Peixoto Munhoz.

1995 22/05/1995

Send to Kindle


Resumo

O objetivo principal deste estudo é fazer uma análise tridimensional das adaptações posturais da coluna vertebral observadas nos indivíduos submetidos à sobrecarga progressiva unilateral, simulando a ação de sustentar uma criança. Para isto, nos propusemos a estudar dez indivíduos do sexo feminino, não sedentárias e que não apresentaram desvios posturais significativos que pudessem interferir nos resultados obtidos. Considerando o fato do dorso humano ser uma superfície no espaço tridimensional, optamos pela metodologia de reconstrução tridimensional à partir de fotos estereoscópicas que nos forneceu com precisão a localização no espaço euclidiano tridimensional de vinte pontos anatômicos marcados sobre os processos espinhosos da coluna vertebral. As sobrecargas aplicadas foram de 0, 4, 12 e 16 Kg. Para cada situação calculamos as projeções sagitais, as curvaturas 2D e 3D que foram analisadas na forma de gráficos. Os resultados apontam que diante do aumento algumas respostas posturais foram sendo acentuadas. Entre elas as mais marcantes são: o deslocamento posterior do tronco, a acentuação da curvatura torácica e escolíoses, quando presentes. Os resultados obtidos demonstraram que apesar das peculiaridades individuais que caracterizam as adaptações posturais em geral é possível observar tendências em comum. Confirma também a importância de estudos posturais de corpo inteiro e quantitativos. Acreditamos que este tipo de comprovação quantificada vem fundamentar com propriedade os estudos e trabalhos para prevenção e tratamentos de problemas posturais, um mal que cada vez mais se incorpora a vida do homem moderno.

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000094016&opt=1

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.