Estudo de Prevalência de Sedentarismo nas Mulheres Adultas Residentes na Zona Urbana de São Leopoldo

Por: .

2004 31/08/2004

Send to Kindle


Resumo

O objetivo desta pesquisa foi classificar a prática de atividades físicas em São Leopoldo, RS. Foi realizado um estudo transversal de base populacional em 40 setores censitários da cidade incluindo as mulheres de 20 a 60 anos. A análise dos dados envolveu dois desfechos tentando caracterizar as mulheres que eram sedentárias, insuficientemente ativas e ativas. Entre as 1026 mulheres entrevistadas, 380 (37,0%; IC95% 34,0 a 40,0) não referiram realizar nenhuma atividade física no lazer, sendo classificadas como sedentárias. E, somente 37 (3,6%; IC95% 2,5 a 4,7) foram classificadas como ativas. Foram encontradas diferenças estatisticamente significativas em relação à classe social, escolaridade, cor da pele, número de filhos, índice de massa corporal e hipertensão arterial. Os achados do estudo sugerem como tentativa de reversão da prevalência de sedentarismo encontrado a implementação de políticas municipais com ênfase na criação de aparelhos e espaços públicos para prática de atividade física em comunidades ca;

Endereço: http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/2920?show=full

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.