Estudo do Desenvolvimento Neuromotor em Crianças de Três a Doze Meses Institucionallzadas e Não-institucionalizadas

Por: Maria Cláudia Domingues de Campos.

86 páginas. 2006

Send to Kindle


Resumo

Este estudo teve como objetivo constatar a ocorrência de alterações no desenvolvimento das principais aquisições do primeiro ano de vida em crianças institucionalizadas e não-institucionalizadas. Foram avaliadas 72 crianças, sendo 30 institucionalizadas e 42 não institucionalizadas de ambos os sexos, sem histórico de alterações na vida pré-peri e pós-natais, matriculadas em creches ou freqüentando instituições carentes e participando de projetos sociais nas zonas sul e norte da cidade do Rio de Janeiro. Após agrupar as crianças de acordo com a idade de 3 a 12 meses foram avaliadas as principais aquisições posturais através da escala de desenvolvimento de Milani e Comparetti. Os resultados obtidos foram comparados entre si. A homogeneidade da amostra foi analisada através do qui¬quadrado, considerando como nível de significãncia p < 0,05. Os grupos mostraram-se homogêneos, exceto no quinto mês onde os itens da escala de Milani e Comparetti relacionados ao equilíbrio, mostraram-se alterados no grupo de crianças institucionalizadas. Conclui-se que embora sejam observadas alterações no desenvolvimento neuromotor entre os dois grupos, estas não se mostraram muito evidentes nas crianças institucionalizadas.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=2166&listaDetalhes%5B%5D=2166&processar=Processar

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.