Estudo da Diversificação do Tipo de Defesa no Campeonato Nacional de Goalball

Por: Natércia Maria Soares Monteiro Rodrigues e Vera Valente.

X Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Introdução e objectivos: O goalballé um Jogo Desportivo Colectivo com características comuns a outros desportos, contendo, no entanto, particularidades especificas que o distinguem dos demais. Esta modalidade apela à velocidade de tomada de deci-são do jogador, que utiliza a audição para identificar a presença da bola e a sua respectiva localização, assim como a colocação de outros jogadores. O presente estudo tem como objectivo verificar a diversificação do tipo de defesa dos atletas de Goalball, no Campeonato Nacional da modalidade. Material e métodos:A nossa amostra é composta por 22 indivíduos do sexo masculino, atletas da modalidade e de diferentes equi-pas, correspondendo a 100% da totalidade existente no Campeonato Nacional na época desportiva de 2003/2004. Este estudo foi realizado desde o início do campeonato até à terceira jornada do mesmo, num total de 30 jogos. Os instrumentos de pesquisa utilizados foram a observação directa e o preenchimento de uma ficha individualizada quanto à defesa utilizada, mais concretamente se defendem com a parte superior do corpo ou parte inferior do mesmo para o centro do campo. As informações foram registadas em gráfico e quadro, e posteriormente analisa-das a partir da distribuição de frequência relativa e absoluta. Principais resultados e conclusões:Os resultados demonstraram que a defesa direita defende em média mais vezes com a parte superior do corpo para o centro em relação à parte inferior. Relativamente a defesa esquerda verificou-se o contrário, ou seja, defendem mais com a parte inferior do corpo para o cen-tro do campo. Quando comparadas, a defesa direita e esquerda apresentam diferenças estatisticamente significativas. No que respeita à defesa central, verificámos que utiliza mais frequentemente a parte superior do corpo, apresentando diferenças estatisticamente significativas. Analisando estes resultados podemos concluir que os defesas laterais têm como condicionante os colegas do lado contrário, que se transmite na coloca-ção mais frequente da cabeça para fora do campo, evitando assim o choque. Por sua vez, o defesa central devido à posição avançada em relação aos defesas laterais, tem a possibilidade de diversificar mais o tipo de defesa. No entanto, este jogador utiliza preferencialmente a técnica mais correcta da modalidade (parte superior do corpo).

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.