Estudo dos Factores de Eficiência no Processo de Tomada de Decisão do árbitro de Futebol de Alto Rendimento

Por: Nelson Carlos Ramos de Melo e Vogais Professor Doutor António João Labisa da Silva Palmeira.

2011 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

A presente investigação propõe um estudo, de carácter qualitativo centrado no desempenho dum árbitro de futebol de alto rendimento, criando para isso, um método de análise do comportamento decisional na arbitragem. Em primeiro lugar, realizámos a observação, registo do número total de acontecimentos num jogo de futebol da Primeira Liga. Durante essa partida, usámos um protocolo verbal com o árbitro, com o intuito de este verbalizar tudo aquilo que percepciona no momento de decisão. No passo seguinte, identificámos o número total de decisões observáveis tomadas pelo árbitro no jogo. Depois, registámos o número total de incidentes críticos. Seguidamente, fizemos a caracterização dos erros cometidos pelo árbitro segundo a peritagem. Por fim, realizámos um questionamento pós-competição e uma entrevista com o árbitro, triangulando esta verbalização pós-evento com a verbalização realizada pelo árbitro durante o jogo, focando sobretudo, os momentos em que a peritagem considerou ter existido erro do árbitro. Os dados demonstram que, a quase totalidade das decisões tomadas no jogo foram correctas. No jogo registaram-se 1216 acontecimentos, entre estes acontecimentos, ocorreram 28 incidentes críticos. Ao longo de todos estes momentos, o árbitro tomou 140 decisões observáveis e errou 5 vezes (82,1 % de acerto em relação ao número de incidentes críticos e 99,6% de acerto relativamente ao número total de acontecimentos).

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.