Estudo dos Indicadores de Rendimento em Voleibol Masculino em Função do Número do Set

Por: Isabel Mesquita, Jaime Sampaio e Rui Marcelino.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.16 - n.3 - 2008

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo pretendeu comparar o rendimento nas ações de jogo de Voleibol, em equipas masculinas de alto nível, ao longo dos cinco sets de um jogo. A amostra consistiu em 65.949 ações realizadas em 550 sets da Liga Mundial 2005, seniores masculinos. A recolha de dados foi efectuada tendo como suporte instrumental o software “Volleyball Information System”. Os procedimentos estatísticos basearam-se na análise descritiva e inferencial, pela aplicação da análise da variância (ANOVA) de um factor para testar a existência de diferenças entre as médias dos diferentes sets, para um nível de significância de 5% e as observações cumpriram os requisitos de fiabilidade para serem utilizadas como ferramenta científica, tanto pela percentagem de acordos inter-observador, como pela estatística Kappa de Cohen. O presente estudo demonstrou que os rendimentos das ações de continuidade (recepção, distribuição e defesa) são significativamente inferiores no primeiro set em relação aos restantes. O facto de ser no primeiro set que as equipas obtêm rendimentos inferiores poderá ser justificado por ser a fase inicial do jogo, onde factores de adaptação física e psicológica ainda não estão consumados.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/841

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.