Estudo Exploratório Sobre o Abandono do Esporte em Jovens Tenistas

Por: Mariana Hollweg Dias.

Revista Brasileira de Psicologia do Esporte - v.1 - n.1 - 2007

Send to Kindle


Resumo

Procurou-se investigar possíveis fatores que pudessem estar associados com a intenção de abandono do esporte entre jovens atletas, com o intuito de obter dados que eventualmente pudessem ser utilizados para a compreensão do fenômeno ou mesmo para subsidiar intervenções preventivas. Foi criado um instrumento para este estudo, onde se requisitava informações sobre a prática esportiva e investigava diversos pensamentos e sentimentos em relação à prática do tênis (incluindo pensamentos de abandono). Foram encontradas correlações significativas entre a variável pensamentos de abandono e as seguintes variáveis: número de horas treinadas por semana (correlação negativa), metas não alcançadas, preocupação menor com os resultados, cobranças por parte de pais e treinadores as quais os atletas não sabem se conseguirão atingir, o fato de sentirem-se menos valorizados pelo treinador do que os colegas, de não estarem mais sentindo prazer em treinar e vontade de ir aos treinos e ainda a falta de recurso financeiro.

Endereço: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_pdf&pid=S1981-91452007000100010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.