Estudo Longitudinal de Lesões Esportivas em Praticantes de Ginástica Aeróbica de Competição

Por: águeda Gutiérrez-sánchez, Mercedes Vernetta Santana e Rocío Abalo Núñez.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.21 - n.5 - 2015

Send to Kindle


Resumo

Introdução: A ginástica aeróbica, desde sua adesão à Federação Internacional de Ginástica, passou por mudanças em seus regulamentos. Objetivo: Analisar as lesões encontradas nos atletas espanhóis de ginástica aeróbica durante as diferentes edições do Código de Pontos. Métodos: Realizou-se um estudo descritivo, longitudinal e comparativo sobre a epidemiologia de lesões na ginástica aeróbica publicado durante as diferentes edições do Código de Pontos. Resultados: Salienta-se que o número de lesões diminuiu de 156 para 38 no ano passado. Este declínio tem sido relacionado com a limitação do número de dificuldades no exercício e o número de elementos a serem feitos no solo. No entanto, eles aumentaram o número e valor das dificuldades. Conclusões: Portanto, concluiu-se que as modificações feitas nos regulamentos destinam-se a salvaguardar a saúde dos atletas e garantir que a competição se desenvolva no seu melhor aspecto artístico e técnico.
 

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1517-86922016000200097&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.