Estudo do Salto Vertical Máximo: Análise da Correlação de Forças Aplicadas

Por: e Emerson Miguel da Cruz.

Conexões - v.8 - n.1 - 2010

Send to Kindle


Resumo

As variáveis estudadas foram: a altura máxima atingida, a potência, a força de saída do solo, a força de chegada no solo, a força relativa e a velocidade. Foi usado um sistema de plataforma de força com câmaras de vídeo e infravermelho sincronizadas a este o que permitiam a obtenção dos valores de força e a reprodução virtual dos saltos. Participaram do estudo 15 sujeitos do sexo masculino com idades entre 17 e 35 anos, atletas de handebol da cidade de Goiânia. Cada sujeito realizou três saltos verticais máximos estilo “counter moviment jump”. A análise correlacional mostrou que a variável que mais se relacionou com a máxima impulsão vertical foi a velocidade (r = 0,99; P<0,001 e r2 = 99%) e a variável que mostrou maior relação com a potência foi a força de saída do solo (r = 0,85; P<0,001 e r2 = 73,28). A análise comparativa entre os maiores e os menores resultados para o salto nos mostra que o primeiro grupo conseguiu resultados 37,6% maior que o segundo grupo e as variáveis que mais contribuíram para isto foram a velocidade e a potência

Endereço: http://fefnet178.fef.unicamp.br/ojs/index.php/fef/article/view/483

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.