Estudo Sobre o Delineamento e Implementação da Observação Sistemática na Análise Biomecânica, do Nado Borboleta, Por Treinadores de Natação da Equipe Petiz e Infantil, do Município do Rio de Janeiro

Por: Marcelo Garcia Massaud.

149 páginas. 2005 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Estudo sobre o delineamento e a implementação da observação sistemática na ,análise Biomecânica da técnica do nado borboleta, por treinadores de natação das equipes petiz e infantil (11 a 14 anos), no município do Rio de Janeiro, participantes das competições da Federação Aquática do Estado do Rio de Janeiro (FARJ). O objetivo é o de investigar se os treinadores referenciados anteriormente possuem os conhecimentos básicos de Biomecânica necessários para fundamentar o delineamento e implementação da observação sistemática de habilidades motoras, a ser utilizado em um processo de análise qualitativa com o propósito de examinar o comportamento motor característico do nado borboleta. A revisão bibliográfica apresenta o modelo de análise qualitativa abrangente de Knudson; Morrison (2001) e alguns outros modelos específicos propostos por alguns biomecânicos (MCPHERSON, 1990; MCGINNIS, 2002 e outros). Pesquisa do tipo descritiva, seguiu as orientações de uma abordagem fenomenológicahermenêutica e utilizou a técnica de investigação por questionário. Nos meses de outubro e novembro de 2004, o autor esteve presente em 3 competições do Circuito de competições de natação organizadas pela FARJ, sendo duas delas realizadas no C.R.Vasco da Gama e outra no Botafogo F.R. onde foram distribuídos, de forma aleatória, mais de 50 questionários (Anexo A) à um Universo de 70 treinadores. Obtivemos uma participação de 45 treinadores, sendo, 15 de petiz, o que corresponde a 33% da amostra; 18 de infantil, correspondendo a 40% e 12 treinadores que atuam com ambas as categorias, relativo a 27% da amostra. O estudo pode detectar que 73% da amostra são graduados em Educação Física; 44% atuam na função por um período de até 5 anos e 40%, a 11 anos ou mais. Em relação à questão principal da pesquisa, que trata do conhecimento dos elementos biomecânicos mínimos necessários para o delineamento e implementação de um sistema de Observação Sistemática para a análise do nado, o estudo detectou que; 20 sujeitos admitiram não possuí-Ios e 25 responderam afirmativamente (questão 6). Ao confrontarmos esses dados com os da questão 7, onde seria necessário apresentar os respectivos elementos à considerar para a elaboração da Estratégia de Observação Sistemática (EOS)pudemos perceber que a maioria dos 25 treinadores que responderam afirmativamente, não apresentaram os elementos necessários ou o fizeram de forma reduzida, para o seu delineamento e implementação de acordo com a revisão da literatura. Sendo assim, confirmamos duas das hipóteses apresentadas neste estudo e concluímos que ainda precisamos de muitas pesquisas relacionadas a este assunto, para a elaboração de um método de análise qualitativa sistemática dos nados, acessível aos treinadores das categorias petiz e infantil.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=2321&listaDetalhes%5B%5D=2321&processar=Processar

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.