Estudos do Lazer e Geopolítica do Conhecimento

Por: .

Licere - v.14 - n.3 - 2011

Send to Kindle


Resumo

Este artigo objetiva analisar a temática do lazer na perspectiva da  geopolítica do conhecimento. Considerando que o espaço físico é um espaço político e  social repleto de dimensões simbólicas, na dinâmica global os estudiosos latinoamericanos ocupam, geralmente, a posição de receptores/consumidores dos conhecimentos produzidos em outras partes do mundo, principalmente na Europa e nos  Estados Unidos, disseminando-os como se as teorias e conceitos fossem universais. O conhecimento produzido em diferentes países pode ser útil e necessário para pensar o  lazer em nosso contexto, mas, os saberes não devem ser tratados como neutros e  universais, nem serem assumidos e incorporados de forma descontextualizada e  destituída de um posicionamento crítico quanto a sua validade e pertinência.

Endereço: http://www.anima.eefd.ufrj.br/licere/pdf/licereV14N03_ar1.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.