Eternamente Jovem: Corpo Malhado, Ficção Televisual e Imaginário

Por: Eunice Simões Lins Gomes e .

Pensar a Prática - v.11 - n.2 - 2008

Send to Kindle


Resumo

Este artigo interpreta as imagens televisuais do corpo, numa ficção seriada "Malhação", com vistas a compreender o imaginário coletivo que circula nas academias de ginástica, ou melhor, objetiva interpretar a estrutura mitológica da cultura do jovem (PERREIRA, 2004; KHEL, 2004). Para isso, utilizamos como metodologia a técnica do Formismo (jogo das aparências) de Maffesoli (1996; 1998) e a técnica de análise das imagens proposta por Aumont (1995). O resultado obtido foi a correlação por semelhança entre: os corpos ensolarados e o mito de Apolo, a civilização dos corpos malhados e o país dos hiperbóreos, a academia de ginástica e o bosque de Epidauro

Endereço: http://www.revistas.ufg.br/index.php/fef/article/view/1795/4093

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.