Etnométodos e Etnomodelos de Inclusão e Exclusão: Uma Abordagem Etnopedagógica

Por: .
Send to Kindle


Resumo

Este trabalho integra a linha de pesquisa Sociedade, Cultura e Educação no programa de graduação da UNISUAM. O estudo insere-se na categoria analítica: o imaginário da Educação Física, Esporte e Lazer, em suas vinculações com a história e as representações sociais. Este estudo é uma tentativa que os professores e alunos do LEEFEL vêm realizando para compreender as representações sobre a ética nas relação pedagógica. Apresenta-se aqui a representação sobre ética de alunos da 5a à 8a séries de ensino fundamental. A partir da questão: o que é jogar na moral?, buscou-se identificar, mapear e interpretar as representações que esses alunos possuem sobre a ética no contexto da educação física. Os alunos foram estimulados a refletirem sobre as suas ações nas aulas de educação física. Ao final das atividades bimestrais, os alunos elaboraram pôsteres com fotos e frases para tentar demonstrar suas concepções sobre o que é “jogar na moral”. Cinco categorias principais foram identificadas. No núcleo está a categoria “integridade física”, na primeira periferia, encontram-se as categorias “respeito ao jogo”, “respeito à honra” e “cooperação”. Na periferia distante encontra-se a categoria “ordem”.

 

Endereço: http://apl.unisuam.edu.br/revistas/index.php/corpusetscientia/article/view/171

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.