Evidências de Validade da Avaliação Aeróbia em Quadra em Jogadores de Basquetebol em Cadeiras de Roda

Por: Poliana Piovezana dos Santos.

2007

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar: a) comportamento da freqüência cardíaca (FC) e das concentrações de lactato ([La]) no sangue em teste progressivo de quadra em basquetebolistas em cadeiras de roda (BCR) e b) a relação entre Limiares de Transição da FC e [La] com variáveis obtidas em partidas oficiais. Dez BCR (30,5 ± 7,9 anos), do sexo masculino, foram submetidos ao teste de Léger e Lambert adaptado de Vinet et al. (2002) (TLLA). Foram determinados os limiares de lactato 1 e 2 (LL1 e LL2) e três técnicas distintas de identificação do Ponto de Deflexão da FC (PDFC), visual e matemática. Além disso, os atletas foram monitorados durante partidas, sendo determinada a participação em cada domínio fisiológico, delimitados pelos dois LL. O TLLA pode ser considerado de esforço cardiovascular e metabólico máx (FCpico = 175 ± 12 bpm e [La]pico = 9,1 ± 2,2 mmol.l-1), os PDFC são fisiologicamente generalizáveis, apesar de superestimarem e não serem associados à LL2. Existe uma distribuição similar do esforço em BCR nos domínios moderado, intenso e severo, sendo que ariáveis do TLLA apresentam baixas correlações com variáveis do jogo. Em geral, os parâmetros fisiológicos e seus respectivos índices testados devem ser vistos com cautela para a avaliação aeróbia destes atletas, sendo PDFC um método promissor para ser empregado neste tipo de avaliação.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.