Evolução do Engajamento nas Atividades em Um Programa de Atividade Motora Adaptada

Por: Angela Teresinha Zuchetto.

XI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Este estudo analisou as modificações no tempo de permanência nas
atividades, durante o período de 2001-2005, em que uma jovem, com
deficiência mental e distúrbio de comportamento, atualmente com 22 anos,
participou do programa de atividade motora adaptada. Foram selecionadas,
para análise, cinco aulas, com uma hora e trinta minutos de duração. As
aulas continham atividades recreativas, esportivas e rítmicas. A média de
participantes foi de seis alunos com necessidades especiais e seis adultos
como instrutores. Para a coleta de dados utilizaram-se filmagens das aulas
e registro cursivo com tempo marcado a cada minuto. Os dados foram
analisados quantitativa e qualitativamente, conforme o tempo de duração
das atividades e o tempo de permanência da participante em relação ao:
Tempo de Ocupação (tempo que os alunos realmente gastam numa
atividade), Fora de Foco (fica fora do alcance da câmera), Tempo de
Desperdício (tempo que o aluno deixa de executar a atividade proposta
porque se distrai realizando outras ações não solicitadas), Tempo de
Transição (intervalo existente entre as atividades), Tempo Atribuído
(quantidade de tempo que os professores permitem que os seus alunos
gastem numa dada tare fa). Evolução do engajamento na atividade é
demonstrada pelo aumento gradativo do tempo de ocupação do sujeito
na s at iv idade s ano a ano: 2 0 0 1=2 7%; ano 2 0 0 2=5 8%; 2 0 0 3=7 0%;
2004=75% e 2005=88%. Conclui-se que: o engajamento do sujeito nas
atividades ao longo do tempo foi aumentando. Acredita-se que os seguintes
fatores contribuíram para melhorar este engajamento: o desenvolvimento
da l ing u agem fa vore c e u a comuni c a ç ão do s u j e i to com s e u s pa re s
melhorando a aceitação do sujeito e a qualidade das interações sociais; a
compreensão das regras das atividades e o cumprimento das mesmas; o
estabelecimento de vínculos afetivos; a capacidade de compreender as
necessidades dos outros; e, melhora na persistência temporal.

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/61_Anais_p221.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.