Evolução, Tendências e Contribuição do Trabalho de Formatura nos Cursos de Educação Física da Unesp/rc

Por: Ana Maria Pellegrini.

Motriz - v.3 - n.1 - 1997

Send to Kindle


Resumo

Desde a criação do curso de Licenciatura em Educação Física e Técnico Desportivo no Instituto de Biociências da UNESP/RC, em 1984, a obrigatoriedade de um trabalho de formatura tem sido uma constante. O objetivo deste estudo foi o de identificar, a partir dos trabalhos de formatura, as tendências dos discentes com relação aos tipos de pesquisa realizada, aos métodos empregados nas pesquisas, às linhas de pesquisa do Departamento e às grandes áreas do conhecimento. Foram classificados 364 trabalhos de formatura apresentados de 1987 até 1995. O número de trabalhos de formatura na área das Ciências Humanas foi muito superior ao das Ciências da Vida e, em sua grande maioria, foram classificados como pesquisa básica. De 1987 a 1990, grande parte desses trabalhos consistiu em revisão de literatura. Ao longo do curso, a linha de pesquisa Pedagogia e Administração da Educação Física, Esportes e Lazer foi a que apresentou o maior número de trabalhos de formatura. Não foram encontrados indicativos de que os trabalhos de formatura dos alunos do curso de Licenciatura se diferenciam, em sua natureza, método e tipo de pesquisa, daqueles dos alunos do curso de Bacharelado. Desta forma, não foi possível identificar uma tendência específica à cada um dos cursos oferecidos (Bacharelado e Licenciatura).

Endereço: http://www.rc.unesp.br/ib/efisica/motriz/03n1/ARTIGO1.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.