Excesso de Peso e Pressão Arterial em Adolescentes de João Pessoa-pb

Por: Herton Xavier Corseuil.

Revista da Educação Física - UEM - v.20 - n.2 - 2009

Send to Kindle


Resumo

Analisou-se a associação entre índice de massa corporal (IMC) e pressão arterial (PA) em adolescentes de João Pessoa/PB. Foram estudados 303 rapazes e 379 moças, de 14 a17 anos. Foram coletadas informações sócio-demográficas (idade, sexo, classe econômica, a educação dos pais), medidas auto-referidas de peso e estatura (determinação do IMC), e fatores de confusão (atividade física, hábitos alimentares, álcool, fumo). A razão de prevalência foi usada, a partir da Regressão de Poisson, como medida de associação. A prevalência de excesso de peso foi de 13,5% (rapazes) e 7,2% (moças) e de PA elevada foi de 32,4% (rapazes) e 26,6% (moças). Adolescentes com excesso de peso apresentaram valores maiores de PA, comparados aos de peso normal. IMC associou-se positivamente com o PA, independentemente de outros fatores, com risco entre 2,0 a 2,5 vezes maior dos jovens com excesso de peso apresentarem PA elevada, comparados aos de peso normal. O excesso de peso esteve associado independentemente à presença de PA elevada em adolescentes. Palavras-chave: Sobrepeso. Hipertensão. Adolescentes

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/4385/4489

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.