Exercício Aeróbio Reduz a Hipertensão Arterial de Mulheres com Doença de Chagas

Por: Mônica Lúcia Gomes, Roberto Kenji Nakamura Cuman, Silvana Marques de Araújo, Terezinha Aparecida Guedes e Wania da Silva Lopes.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.20 - n.2 - 2014

Send to Kindle


Resumo

introdução: Os portadores de doença de Chagas frequentemente apresentam a hipertensão arterial sistêmica (HAS) como a principal comorbidade. Em indivíduos hipertensos com e sem doença de Chagas, o controle de HAS geralmente é medicamentoso. Medidas alternativas de intervenção como o exercício físico aeróbio têm sido preconizadas como a maneira mais efetiva para reduzir os níveis de pressão arterial. Objetivo: Avaliar a influência do exercício físico sobre a pressão arterial de mulheres hipertensas com e sem doença de Chagas. Métodos: Dezenove voluntárias divididas nos grupos G1 (nove com doença de Chagas) e G2 (dez sem doença de Chagas) foram submetidas a um programa de treinamento de 12 semanas, com duração de 30 a 60 minutos duas vezes por semana. A pressão arterial sistólica (PAS), diastólica (PAD) e a frequência cardíaca (FC) foram avaliadas no pré e pós-esforço no início (T0), após seis (T6) e 12 (T12) semanas. Resultados: Em T6, melhora significativa foi observada na PAS pré e pós-esforço e na PAD pós-esforço, para ambos os grupos. No T12, G1 apresentou melhora significativa para todas as variáveis, exceto FC pós-esforço e G2 para PAS pré e pós-esforço e FC pós-esforço. Não houve diferença significativa entre G1 e G2 para as variáveis estudadas. Conclusão: O exercício físico aeróbio de baixa intensidade reduz significativamente a pressão arterial de mulheres com doença de Chagas, pode ser realizado com segurança, e insere os pacientes com esta enfermidade na prática rotineira de exercícios.
 

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_issuetoc&pid=1517-869220140002&lng=pt&nrm=iso

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.