Exercício Físico e Saúde: da Crítica Prudente

Por: Carlos Magallanes Mira.

A Saúde em Debate na Educação Física (1).

Send to Kindle


Resumo

Este ensaio tem por finalidade debater alguns dos conceitos e fundamentos que dão sustento à afirmação de que o exercício físico constitui um fator de saúde e prevenção de doenças. O mesmo coloca especial ênfase na análise crítica do processo de construção de conhecimentos no campo biomédico e nas características e transformações culturais que estão acontecendo neste final de milênio. Enquanto ensaio que é, enfatiza a perspectiva de descoberta, de geração de problemas, de levantar questões críticas, tentando não negligenciar, evidentemente, as argumentações sólidas. A hipótese que levantamos poderia ser enunciada da seguinte maneira: no atual estado da arte, a afirmação de que o exercício físico constitui um fator de saúde e prevenção de doenças - para pessoas previamente saudáveis e normalmente ativas – está ancorada em critérios de valor mas não em fatos científicos. Ou dito em outras palavras, entre exercício físico e saúde existem inter-relações, interações, retroações complexas e recíprocas, mas não uma relação positiva de causa-efeito. De maneira geral, é a saúde que conduz à atividade e ao exercício físico e não o contrário.
 

Endereço: http://cev.org.br/arquivo/biblioteca/23.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.