Exercício Físico no Tratamento da úlcera Venosa

Por: Luisa Pereira Parreiras.

2011

Send to Kindle


Resumo

A insuficiência venosa crônica caracteriza-se por um funcionamento anormal do sistema venoso, no qual o fluxo de sangue arterial que chega aos membros inferiores (MMII) é maior que o fluxo de sangue venoso que retorna ao coração. O sangue acumula-se nos membros inferiores e gera hipertensão venosa, com consequente edema e alterações de pele. O objetivo desta pesquisa foi criar um protocolo simplificado de exercícios físicos para execução domiciliar e, subsequentemente, avaliar a intervenção em pacientes com insuficiência venosa crônica e úlcera venosa. Método: Inicialmente foi produzido um protocolo simplificado de exercícios, que pudesse ser facilmente compreendido e executado pelos pacientes. No intuito de facilitar a compreensão e execução, foi produzida uma cartilha para demonstração da forma correta de executar os exercícios. Por meio de um ensaio clínico controlado, foi desenvolvido um estudo piloto no qual foram avaliados 06 indivíduos, 03 no Grupo Experimental (GE) e 03 no Grupo Controle (GC). Durante 15 dias, os pacientes do GE foram submetidos ao programa de exercícios físicos realizados em domicílio, enquanto os pacientes do GC permaneceram apenas no tratamento convencional. Por meio da escala visual analógica, fita métrica, goniômetro, e questionário SF-36, foram avaliados, respectivamente, a dor e edema em MMII, amplitude de movimento articular dos tornozelos e joelhos, e a qualidade de vida relacionada à saúde, não sendo observada diferença significativa entre os grupos, nos parâmetros avaliados. Conclusão: O protocolo para realização de exercícios em domicílio foi facilmente compreendido por todos os indivíduos do GE, permitindo a imediata execução da atividade prevista. Provavelmente devido ao pequeno número de indivíduos avaliados e ao curto período de intervenção, não foi verificada diferença significativa entre os grupos.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.