Exercício Resistido e Qualidade de Vida do Idoso: Relato de Experiência no Laboratório de Exercício Resistido e Saúde (LERES) da Universidade do Estado do Pará (UEPA)

Por: Erick Azuelo Azuelo da Silva e José Alex Nunes.

XXI Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e VIII CONICE - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

INTRODUÇÃO

O envelhecimento é um processo fisiológico natural e a população mundial está ficando mais velha. A OMS (Organização Mundial da Saúde), estima que em 2025 o Brasil será o sexto país em relação ao envelhecimento populacional. A fonte supracitada conceitua envelhecimento saudável como o processo de desenvolvimento e manutenção da capacidade funcional que permite o bem-estar em idade avançada. A manutenção das aptidões físicas garante melhoria nas capacidades funcionais, permitindo melhor qualidade de vida para o idoso. Uma das maneiras de otimizar as capacidades funcionais é a prática de exercícios resistidos. Nesse sentido, o objetivo do presente trabalho é relatar a experiência vivenciada enquanto estagiário no Laboratório de Exercício Resistido e Saúde (LERES), relacionando exercício resistido (ER) e qualidade de vida do idoso. Ademais, o trabalho visa contribuir para uma melhor aceitação e indicação do exercício resistido para o idoso.

Endereço: http://congressos.cbce.org.br/index.php/conbrace2019/8conice

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.