ExercÍcios FÍsicos, AptidÃo Cardiopulmonar e Estado Nutricional em Militares do Segmento Feminino do ExÉrcito Brasileiro

Por: Geyson Rodrigo Rosa, Jair Peres e Jairo Linck.

Revista de Educação Física - Centro de Capacitação Física do Exército - n.132 - 2005

Send to Kindle


Resumo

Tendo em vista o crescente número de mulheres que ingressam no Exército Brasileiro, esta pesquisa procurou encontrar o perfil do treinamento físico realizado pelo segmento feminino, bem como suas inter-relações com o estado nutricional, expresso pelo Índice de Massa Corporal (IMC) e o condicionamento físico, expresso pela corrida de 12 minutos. O trabalho teve como amostra o banco de dados gerados pelo “Projeto TAF 2001”, através da anamnese de 1201 militares do segmento feminino, nas 36 maiores Guarnições Militares do Exército Brasileiro. Foi medida a massa corporal, juntamente com a estatura da avaliada. Além disso, foi mensurado indiretamente o consumo máximo de oxigênio (VO2max) com base no teste de Cooper (12 minutos). Levando-se em consideração a duração, a freqüência e a intensidade, somente 43,7% das militares do segmento feminino executavam as sessões preconizadas pelo manual C 20-20. Com base no IMC, 27,2% apresentaram excesso de peso. A maioria das militares (54,0%) apresentou VO2max classificado como razoável ou mediano, e 24,1% foram classificadas como detentoras de potência aeróbia fraca ou muito fraca. A hipoatividade foi um fator comportamental importante no desenvolvimento do sobrepeso e obesidade, mostrando-se a atividade física um componente considerável para melhorar o VO2max. As recomendações quanto à freqüência, duração e intensidade do exercício (30 a 60 min, 3 a 5 dias por semana e intensidade moderada) parecem atender às necessidades das militares, no que se refere à promoção da saúde. Palavras-chave: Treinamento Físico, Mulheres, Militares, Atividade Física.

Endereço: http://www.revistadeeducacaofisica.com.br/artigos/2005.3/ARTIGO5.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.