Existe Associação Entre Saúde Mental e Inatividade Física em Gestante? Estudo de Uma Coorte em São Luís-MA

Por: Eliana Harumi Morioka.

2012 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Os dados disponíveis na literatura suportam a hipótese de que as prevalências de depressão, ansiedade e estresse seriam maiores em gestantes fisicamente inativas. O estudo analisou a associação entre características sociodemográficas e aspectos da saúde mental com a inatividade física durante a gestação. Realizou-se recorte transversal em uma coorte, incluindo 1164 mulheres no 2° trimestre gestacional. Avaliaram-se características sociodemográficas, inatividade física (Questionário Internacional de Atividade Física – IPAQ – versão curta), presença de sintomas de depressão (Escala de Rastreamento Populacional para Depressão do Centro de Estudos Epidemiológicos – CES-D), nível de ansiedade (Escala de Ansiedade de Beck) e nível de estresse percebido (Escala de Estresse Percebido – PSS-14). Realizaram-se análises descritivas e regressão de Poisson com ajuste robusto da variância para estimativa das razões de prevalência, considerando-se nível de significância de 5%. Na amostra, 81,10% das mulheres apresentavam entre 20 e 35 anos de idade 80,96% residiam com companheiro, 52,55% estavam fora da população economicamente ativa e 66,58% pertenciam à classe C. A taxa de inatividade física foi de 39,18%, de sintomas depressivos graves, 28,27% e de ansiedade moderada ou intensa, 42,24%. O nível médio de estresse percebido foi de 25,06 + 8,39. Na análise ajustada, não residir com companheiro (RP=1,20), função ocupacional manual (RP=0,72) e, ao contrário do esperado, nível de ansiedade leve (RP=1,42) e moderado (RP=1,53) apresentaram associação com a inatividade física. Não houve associação entre estresse e sintomas de depressão com a inatividade física. Dado o perfil sociodemográfico da amostra, é possível que grande parte da atividade física tenha sido destinada à atividade laboral, doméstica ou de deslocamento, que teriam levado a maiores níveis de ansiedade. Menor prevalência de sintomas de depressão, ansiedade e estresse seriam possivelmente encontradas em praticantes de exercício físico ou outra atividade física de lazer.
 

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.