Expectativas de Interação Entre o Supervisor Pedagógico e o Professor: Controle ou Autonomia

Por: Aparecida Alice Barbosa, Cínara Gomes da Silva e Sulamita Coelho Ribeiro do Nascimento.

Olhar de Professor - v.12 - n.2 - 2009

Send to Kindle


Resumo

O presente trabalho apresenta uma análise da produção investigativa sobre a expectativa de interação entre o Supervisor Pedagógico e o Professor e a influência desta relação no que diz respeito ao trabalho pedagógico, tomando como referência as décadas de 70 e 2000, numa escola pública estadual de Barbacena – MG. A pesquisa foi desenvolvida através do levantamento, com pressupostos de análise qualitativa, realizando as descrições detalhadas de entrevistas semi-estruturadas com os atores participantes. Num primeiro momento, expõe um breve histórico sobre o lugar que o supervisor tem ocupado na educação, desde a implementação da profissão como habilitação, para depois desenvolver, de maneira sucinta, a análise das entrevistas discutindo os resultados à luz da literatura especializada. O sentido do controle, que se reveste a função na década de 70, foca a presença fiscalizadora do trabalho desenvolvido pelo professor e depois como um orientador quanto às questões técnicas e metodológicas, o que torna a relação objeto de rejeição dos professores. Atualmente a relação supervisor/professor, é objeto de desejo, por representar uma possibilidade de um trabalho coletivo e solidário, pela via da autonomia.

Endereço: http://www.revistas2.uepg.br/index.php/olhardeprofessor/article/view/1514

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.