Experiências de Ensino no Estágio Supervisionado e Autoeficácia Para Ensinar Educação Física na Escola

Por: Roberto Tadeu Iaochite e Roraima Alves da Costa Filho.

Revista da Educação Física - UEM - v.26 - n.2 - 2015

Send to Kindle


Resumo

As experiências de ensino durante o estágio curricular supervisionado desempenham um papel importante na formação de futuros professores. Contudo, a maneira como influenciam a crença de autoeficácia docente desses estudantes ainda é pouco conhecida. O objetivo deste estudo foi compreender como se constitui a crença de autoeficácia para o ensino da Educação Física na escola de estagiários em fase final de formação, por meio de análise documental de portfólios reflexivos. A investigação revelou que os autores dos portfólios se perceberam capazes para ensinar Educação Física após o estágio. As experiências de regência, seguidas pela persuasão social, foram as fontes de autoeficácia mais citadas. Promover o conhecimento sobre as crenças ligadas ao ensino, em especial a de autoeficácia, pode favorecer a reflexão de futuros professores sobre a própria capacidade, e também sobre competências e estratégias que deverão desenvolver no exercício da docência, considerando os desafios presentes nesse processo.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/24762

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.