Família Joga Bola. Constituição de Jovens Futebolistas na Várzea Paulistana

Por: Enrico Spaggiari.

2014 08/12/2014

Send to Kindle


Resumo

A produção de jogadores de futebol em Guaianases e outros bairros periféricos da zona leste de São Paulo é o foco desta tese. Com base em descrições das relações que permeiam o sistema futebolístico (amador e profissional) tais como o engajamento de familiares, agentes de futebol, professores e diretores do clube varzeano Botafogo de Guaianases, desvela-se os processos de constituição de jovens futebolistas engendrados por projetos familiares. Voltados à efetivação da carreira profissional, os projetos têm início com a revelação de um dom reconhecido na prática cotidiana pelo próprio futebolista e por outros atores: familiares, professores, agentes, espectadores etc. A primeira parte desta tese destaca a centralidade da várzea paulistana na constituição dos jovens, implicando discussões sobre o futebol de várzea, a cidade, o bairro e a circulação pelos espaços urbanos. A segunda parte apresenta a constituição de jovens futebolistas por meio de análises sobre o aprendizado de futebol em uma escolinha imersa no ambiente varzeano, a elaboração de projetos familiares centrados em investimentos específicos no filho/irmão futebolista, as atuações dos agentes de futebol enquanto mediadores com o campo profissional, e, por fim, sobre a composição de famílias esportivas a partir de trajetórias familiares. Os jovens futebolistas são constituídos e constituidores de relações e práticas de fazer família no sistema futebolístico. O conjunto de tais relacionalidades é o que chamo de família esportiva, ou seja, a objetificação das relações que produzem jovens futebolistas.

Endereço: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8134/tde-01062015-180120/pt-br.php

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.