Fanatismo e Agressividade em Torcedores de Futebol

Por: Alina Mira Maria Coriolano e Erick Conde.

Revista Brasileira de Psicologia do Esporte - v.6 - n.2 - 2016

Send to Kindle


Resumo

Apesar de alguns trabalhos teóricos, não foram encontradas pesquisas explorando a relação entre
agressividade e fanatismo por futebol sob uma perspectiva quantitativa. No presente trabalho, a Escala de Fanatismo em Torcedores de Futebol (EFTF) e o Questionário de Agressividade de Buss-Perry (AQ), foram utilizados para estudar se os diferentes fatores de agressividade (raiva, agressividade verbal, hostilidade e agressão física) variam e/ ou se relacionam com os diferentes níveis de fanatismo por futebol. Participaram do estudo 56 voluntários que declararam simpatia por, ao menos uma das três equipes objetivo do estado de Pernambuco (Brasil). Os resultados mostraram correlações positivas e moderadas entre os escores da EFTF os valores obtidos para todas as dimensões do AQ. A análisecomparativa também mostrou diferenças significativas entreos grupos de alto e baixo índices de fanatismo, para todosos fatores do AQ. Como conclusão, este estudo demonstrouque o fanatismo pelo futebol é uma variável importante a ser
considerada para a segurança e a prevenção da violência nosestádios de futebol.

Endereço: https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBPE/article/view/7092

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.