Fatores Ambientais Influentes no Desenvolvimento e Aprendizagem Motora das Crianças Hoje: Prós e Contras

Por: Francisco Sobral, Manoel João Coelho e Silva e Vanildo R. Pereira.

VII Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

O mundo moderno tanto exige como restringe a atividade do homem, frente às suas necessidades sócio-culturais. Tendo em vista isto, o objeto do presente estudo centrou-se num diagnóstico das oportunidades ou restrições motoras das crianças na atualidade. Sabe-se que, a verticaiização das cidades grandes e médias empurram um grande contingente de crianças para dentro de seus apartamentos, limitando-as das melhores oportunidades do seu desenvolvimento e aprendizagem, de modo a limitar também, o seu domínio sobre a própria motricidade. No estudo já referido, foram encontrados os seguintes resultados: crianças em estado de privação ambiental, apresentaram menores valores de desempenho num teste de coordenação corporal, sendo estes quando sempre significativos, quando comparadas a outras, de ambientes mais abertos ou amplos, capazes de propiciar oportunidades que respondiam, ao menos em grande parte, às necessidades inerentes às suas idades (6 a 10 anos). Sendo assim, é possível concluir que, a escola, a família e a sociedade, poderão influir positiva ou negativamente sobre o desenvolvimento e a aprendizagem das crianças, devendo-se preocupar-se hoje, com o tempo e o espaço das suas oportunidades motoras, especialmente na vida urbana das médias e grandes cidades.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.