Fatores Associados Ao Deslocamento Ativo Para o Trabalho em Industriários da Paraíba

Por: Elusa Santina Antunes de Oliveira, Giovâni Firpo Del Duca, , , e Valbério Cândido Araújo.

Revista da Educação Física - UEM - v.22 - n.2 - 2011

Send to Kindle


Resumo


Objetivou-se estimar prevalência e fatores associados ao deslocamento ativo em industriários da Paraíba. Participaram 2.022 indivíduos, que responderam sobre meio de transporte utilizado para ir ao trabalho: caminha/pedala, uso de ônibus ou uso de carro/moto. As variáveis independentes foram sexo, idade, local de residência, nível educacional, renda familiar e porte da empresa. Utilizou-se regressão logística multinomial. O deslocamento ativo foi mais prevalente entre homens, nos mais jovens, de menor escolaridade, menor renda familiar, que residiam em cidades do sertão/brejo e empregados em empresas de pequeno porte. O uso de ônibus foi maior nas mulheres, de elevada escolaridade, maior renda, que residiam no litoral/arredores e empregados em empresas de médio e grande porte. O uso de carro/moto foi maior nos mais velhos, de maior escolaridade e renda. Estratégias de promoção do deslocamento ativo devem considerar diferenças pontuais nos aspectos demográficos, econômicos e educacionais quanto ao meio usado para ir ao trabalho.
 

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/9856/7651

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.