Fatores Motivacionais Relacionados à Prática de Ginástica Rítmica

Por: Anderson Simas Frutuoso, Maria Helena Kraeski e .

Pensar a Prática - v.16 - n.4 - 2013

Send to Kindle


Resumo

O estudo apresenta uma análise dos fatores motivacionais na prática de Ginástica Rítmica. Os sujeitos do estudo foram 34 integrantes de uma equipe de ginástica rítmica de Florianópolis (SC), todas do sexo feminino, com faixa etária de 10 a 20 anos. O instrumento utilizado foi a ESCALA DE MOTIVOS PARA PRÁTICA ESPORTIVA (EMPE), adaptação brasileira do PMQ, de Barroso e Krebs (2007). Os resultados indicaram os fatores Afiliação e Técnica como os mais importantes, e Status e Liberação de Energia como os menos importantes. Conclui-se que as estratégias motivacionais para este grupo devem fundamentar-se no fortalecimento das relações interpessoais existentes nele e na evolução do treinamento, e que a cobrança por resultados em competições deve ser estimulada de forma gradativa.

Endereço: http://revistas.ufg.br/index.php/fef/article/view/20659

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.