Fatores e Pressões Sociais Inerentes à Constituição de Uma Figuração de Torcedores Durante o Match do Século em 1972 – Algumas Notas e Digressões Sociológicas

Por: Fernando Renato Cavichiolli, Juliano de Souza e .

Revista da Educação Física - UEM - v.22 - n.1 - 2011

Send to Kindle


Resumo

Nosso objetivo, no presente artigo, consistiu em identificar e problematizar sociologicamente alguns dos possíveis fatores e pressões sociais inerentes à constituição da figuração social de torcedores da cidade de Reykjavik, capital da Islândia, para acompanhar objetivamente a final do campeonato mundial de xadrez de 1972, a qual foi protagonizada pelo enxadrista soviético Boris Spassky e pelo enxadrista norte-americano Robert James Fischer, em pleno contexto da Guerra Fria. Para subsidiar a discussão aqui fomentada, buscamos, primeiramente, resgatar algumas imagens de espectadores durante o “match do século” e, em seguida, realizar uma leitura sociológica do cenário social nelas retratado, à luz de algumas contribuições teóricas de autores consagrados da sociologia que reservaram um espaço significativo para a discussão do fenômeno esportivo em suas obras.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/8815/7445

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.