Fatores de Risco à Saúde Cardiovascular em Escolares da Tríplice Fronteira

Por: Elto Legnani e Rosimeide Francisco Santos Legnani.

Motriz - v.17 - n.4 - 2011

Send to Kindle


Resumo

Este estudo identificou os fatores de risco à saúde cardiovascular (FRSC) em escolares da  Tríplice Fronteira: Argentina, Brasil e Paraguai. Participaram do estudo 1.183 adolescentes de ambos os 
sexos, e idades de 15 a 18 anos, que preencheram um questionário para identificação dos FRSC. A  proporção de adolescentes com quatro ou mais FRSC foi de 65,2%. Adolescentes brasileiros do sexo 
masculino apresentaram maior prevalência de insuficientemente ativo (78,3%), enquanto o baixo consumo  de verduras (39,4%) e o tempo excessivo em atividades sedentárias (83,1%) foram superiores nos 
argentinos. As adolescentes paraguaias apresentaram maior proporção de insuficientemente ativo (83,0%),  enquanto o tempo excessivo em TV e mídias, o baixo consumo de frutas, o consumo de álcool e o 
agrupamento de quatro ou mais FRSC foram superiores nas argentinas (38,3%, 92,5%, 59,7% e 69,2%,  respectivamente). Estes resultados podem contribuir para as políticas de promoção do estilo de vida  saudável na Tríplice Fronteira. 

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/3946/pdf_125

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.