Fazendo Gênero e Jogando Bola: Futebol Feminino na Bahia nos Anos 80-90

Por: .

Cadernos de Campo - v.24 - n.24 - 2015

Send to Kindle


Resumo

Antes do ano de 1941, pouco se sabe sobre a prática esportiva–sobretudo a prática futebolística–das mulheres. As praticantes, quando as partidas eram noticiadas nos cadernos esportivos dos jornais da época, eram descritas como senhoritas intrépidas, ousadas e desafiadoras. As partidas eram narradas com um misto de chiste e ironia, e o  futebol feminino era percebido como um espaço de humor e ridicularização do corpo das  jogadoras, sendo, portanto, essencialmente praticado por mulheres consideradas transgressoras (FRANZINI, 2006; 2005). O Decreto-Lei nº 3.199, que ficou vigente entre os anos de 1941 e 1979, foi um dos grandes responsáveis pelo afastamento e silenciamento de mulheres brasileiras em diversas modalidades esportivas. 1 Durante o período, ob imposição do Conselho Nacional de Desportos (CND), institui-se quais eram as “práticas …

 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.