Fernando Collor: o Candidato Esportista e as Eleições de 1989

Por: Alan Evaristo Mengarda e Leonardo Brandão.

Recorde: Revista de História do Esporte - v.8 - n.1 - 2015

Send to Kindle


Resumo

Em diversos momentos da história republicana no Brasil o esporte foi utilizado para fins políticos. Este artigo se propõe a estudar seus usos na construção da imagem de Fernando Collor de Mello como candidato à presidência da República do Brasil nas eleições de 1989, tomando como fonte de pesquisa edições da Revista Veja publicadas neste contexto. Parte-se da perspectiva da História Cultural em sua conexão com a chamada Nova História Política, enfatizando como essa publicação ajudou a construir a imagem de Collor como um esportista, praticante de natação, lutador de artes marciais, adepto do cooper e, portanto, alguém apto para exercer o cargo por ele almejado. Sabe-se que a grande imprensa participou ativamente dos debates das eleições de 1989 e que a Revista Veja foi um dos maiores expoentes desse momento de redemocratização do Brasil. Utilizando o discurso de que o país precisava de um candidato jovem, moderno e em boa forma física, Veja colaborou para que Collor vencesse as eleições e, assim, coloca-se em prática seu projeto neoliberal. Saber o lugar que o esporte ocupou neste processo é um tema ainda inédito nos estudos históricos. Este artigo demonstra como a Revista Veja associou o candidato Collor ao esporte, ao culto ao corpo e a juventude, apostando nessa tríade como algo que impulsionaria sua candidatura.

Endereço: https://revistas.ufrj.br/index.php/Recorde/article/view/2304

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.