Fim da Notícia: o Engraçadismo no Campo do Jornalismo Esportivo de Televisão

Por: Cristiane Finger Costa e Mariana Corsetti Oselame.

XXXVI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação - Intercom

Send to Kindle


Resumo

Este artigo aborda o jornalismo esportivo de televisão aberta no Brasil. O objetivo geral é desvendar o fenômeno do “engraçadismo”, ou seja, o aumento do espaço destinado ao infoentretenimento e a diminuição do tempo de jornalismo propriamente dito nos programas de notícias esportivas. Este estudo parte da hipótese de que, ao privilegiar os fatos que Bourdieu (1997) chamou de omnibus, os noticiários esportivos deixam de ser jornalismo. Adotado como objeto, o programa Globo Esporte, da Rede Globo e afiliadas, em suas versões paulista e gaúcha, integra o corpus deste estudo. A metodologia adotada foi a análise de conteúdo sistematizada por Bardin (1977) e sustentada por conceitos de Wolton (1996), Gomes (2006), Traquina (2005), Alcoba (2005) e Barbeiro e Rangel (2006).

Endereço: http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2013/index.htm

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.