Flexibilidade e AptdÃo FÍsica Relacionada À SaÚde .

Por: e .

Corporis - n.3 - 1998

Send to Kindle


Resumo

No presente trabalho, procurou-se revisar: a) as diferenças quanto aos níveis de flexibilidade em função do sexo, idade e nível de atividade física; b) benefícios da manutenção e ou obtenção de bons níveis de flexibilidade relacionado à saúde; c) testes empregados na avaliação da flexibilidade; d) características dos programas de exercícios para desenvolvimento da flexibilidade. Para tanto, efetuou-se uma revisão de literatura através da consulta a livros, artigos de periódicos e publicações eletrônicas. Os resultados obtidos indicam que: a) existem diferenças nos níveis de flexibilidade em função do sexo, idade e nível de atividade física; b) índices satisfatórios de flexibilidade estão associados com bom funcionamento do sistema músculo articular; c) o teste de sentar e alcançar vem sendo largamente empregado, e seus resultados, aceitos como indicação do nível de flexibilidade geral; d) as recomendações para elaboração dos programas de flexibilidade são bastante diversificadas quanto as variáveis freqüência, intensidade e duração. Palavras-chaves: flexibilidade, saúde, alongamento, postura, aptidão física relacionada à saúde.

Endereço: http://www.upe.br/corporis3/artigo4.html

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.