Focinhos Terapeutas: Cães e Exercício Como Recursos de Tratamento Para Crianças com Transtorno do Espectro Autista

Por: Beatriz Suzanne Cavalcanti.

11° Congresso Brasileiro de Atividade Motora Adaptada - CBAMA

Send to Kindle


Resumo

A relação do vínculo de animais e pessoas, reconhecida pelas diversas áreas da saúde, pode ser utilizada como uma alternativa para trazer a inovação aos atendimentos a pessoas com deficiência. Desta forma, o desenvolvimento desta pesquisa se torna importante uma vez que crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA) necessitam de acompanhamento contínuo. Desta forma, o objetivo do estudo foi verificar subjetivamente a evolução da coordenação motora, equilíbrio, força e condicionamento cardiorrespiratório, como também comunicação verbal e não verbal e socialização nas crianças atendidas por cães terapeutas. Sendo desenvolvido por meio de realização de sessões de Terapia Assistida por Animais (TAA), com intervenção nas capacidades físicas e cognitivas por meio de circuitos de exercícios, todo o processo é acompanhado por cães terapeutas. A cada atendimento, que ocorre semanalmente e tem duração de uma hora e meia, uma ficha elaborada pela equipe é preenchida para acompanhar a evolução das crianças para posterior levantamento de dados e tabulação de resultados numéricos. A partir dos dados coletados pôde se concluir que o trabalho com TAA tem trazido evolução na motricidade e na comunicação e socialização das crianças com TEA, no entanto considera-se que este estudo necessita de acompanhamento longitudinal.

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.