Força Crítica em Nado Atado Para Avaliação da Capacidade Aeróbia e Predição de Performances em Nado Livre

Por: Claudio Alexandre Gobatto, Gustavo Gomes de Araújo, Luiz Eduardo Barreto Martins, Marcelo Papoti, Ricardo Vitório e .

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.12 - n.1 - 2010

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo investigou as relações da força crítica (Fcrit) com o limiar de lactato (LLNA) e a intensidade de exercício correspondente ao VO2max (iVO2max) em nado atado (NA) e suas correlações com as performances de 400m (V400) e teste de 30 minutos (VT30) em nado livre (NL). Sete nadadores foram submetidos a teste incremental em NA para determinação do LLNA e da iVO2max. Para determinação da Fcrit, os nadadores realizaram 4 esforços até a exaustão com intensidades (F) correspondente a 87%, 104%, 118% e 134% da iVO2max para obtenção dos tempos limites (tlim). A Fcrit correspondeu ao coeficiente linear da relação entre a F e 1/tlim. Os valores de Fcrit (51,97 ± 4,02 N) foram significativamente diferentes da iVO2max (60,21 ± 8,73 N), mas não do LLNA (45,89 ± 8,73). A Fcrit foi significativamente correlacionada com o iVO2max (0,97), LLNA (0,88), V400 (0,85) e VT30 (0,86). Os resultados sugerem que a Fcrit pode ser utilizada na determinação da capacidade aeróbia, prescrição do treinamento em NA e na predição de performance em NL.


 

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2010v12n1p14

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.