Força de Preensão Manual em Atletas de Judô

Por: Carlos Bandeira de Mello Monteiro, Cristiano Schiavinato Baldan, José Eduardo Pompeu, Leandro Massaru Kubota e Mauricio Correa Lima.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.20 - n.3 - 2014

Send to Kindle


Resumo

INTRODUÇÃO: A força de preensão manual é a capacidade da mão em realizar tarefas, imprimir forças e segurar objetos. Dentre os diversos esportes que utilizam a força de preensão manual com predominância em sua prática, um deles é o judô, aonde a força de preensão manual é imprescindível para que o judoca consiga se impor ao adversário, pois está ligada à capacidade de realização do golpe. O objetivo deste estudo foi avaliar a força de preensão manual em atletas de judô. MÉTODOS: O estudo contou com a participação de 30 judocas, sendo formado por 15 faixas brancas e 15 faixas pretas, que foram submetidos a uma avaliação da força de preensão com um dinamômetro manual da marca Jamar(r). Foi utilizada a estatística descritiva (média e desvio-padrão) para análise dos dados antropométricos, o teste tde Student para verificação da homogeneidade entre os grupos e o Teste de Shapiro-Wilk para verificação da distribuição. Para análise de comparação intra e intergrupos foi utilizado o Teste de Mann-Whitney para amostras independentes (p≤0,05). Os dados foram analisados através do software BioEstat 5.0. RESULTADOS: Os resultados demonstraram que os judocas faixas pretas apresentam uma força de preensão palmar significativamente maior na mão dominante em relação à não dominante, e também significativamente maior em relação aos atletas de faixas brancas tanto na mão dominante quanto na mão não dominante. CONCLUSÃO: Atletas de judô faixas pretas têm preensão manual mais forte do que os atletas de faixas brancas, sugerindo que quanto maior o tempo de prática esportiva na modalidade, maior a força de preensão manual em ambas as mãos.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1517-86922014000300210&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.