Força e Origem de Crenças na Autoeficácia de Estagiários em Educação Física.

Por: Roberto Tadeu Iaochite e Samuel de Souza Neto.

Motriz - v.20 - n.2 - 2014

Send to Kindle


Resumo

No domínio do ensino, a autoeficácia (AE) está relacionada com o julgamento dos professores sobre a sua própria capacidade para atingir resultados de aprendizagem e engajamento dos alunos. AE é formada por quatro fontes de informação: experiências diretas, experiências vicárias, persuasão social e estados psicofisiológicos. Nós medimos e analisamos a AE e suas origens para o ensino de educação física. Estagiários (n = 114) de três universidades responderam a duas escalas de Likert – Escala de Autoeficácia do Professor de Educação Física e Escala de Fontes de Autoeficácia, e a um questionário sociodemográfico. AE para o ensino foi classificada em grau moderado; experiências vicárias e persuasão social foram as principais fontes de informação. Os resultados foram discutidos para futuras investigações relacionadas com as práticas de ensino em cursos de graduação, bem como em programas de formação de professores em serviço.

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/6712

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.