Formação Contínua de Professores de Educação Física Face à Perspectiva Inclusiva: Impacto nas Percepções de Competência e Qualidade da Experiência

Por: Milena Pedro de Morais.

11° Congresso Brasileiro de Atividade Motora Adaptada - CBAMA

Send to Kindle


Resumo

A formação profissional contínua na Educação Física Escolar tem um papel essencial face à perspectiva inclusiva no sentido de subsidiar o professor para o desenvolvimento de atitudes positivas. Assim, o objetivo do presente estudo foi analisar a eficácia de um programa formativo nos níveis de Percepção da Competência e da Qualidade da Experiência de 29 licenciados em  Educação Física, em processo de formação contínua, estudantes do 1º ano do Mestrado em Ensino da Educação Física nos Ciclos Básico e Secundário da Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra, Portugal. Aplicou-se a Escala de Autoeficácia na Educação Física Inclusiva, sendo a versão portuguesa do questionário Self-Efficacy Scale for Physical Education Teacher Education Majors towards Children with Disabilities em dois momentos distintos, antes e após a realização de uma ação formativa. Os resultados apontam que os participantes demonstram níveis elevados tanto para a Percepção da Competência quanto da Qualidade da Experiência após a realização da ação formativa. Conclui-se que as ações de formação contínua na perspectiva inclusiva são, portanto um importante caminho a ser trilhado a fim de capacitar o professor para o atendimento à diversa demanda escolar em contexto inclusivo.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.