Formação de Professores: a Prática de Ensino no Curso de Licenciatura em Educação Física com Base na Concepção de Formação Omnilateral e da Licenciatura Ampliada

Por: Raquel Cruz Freire Rodrigues.

173 páginas. 2015 27/08/2015

Send to Kindle


Resumo

A presente tese delimita a problemática em torno da formação de professores. Problematiza a formação, considerando-a necessidade vital para a classe trabalhadora de existirem professores em número suficiente e que estes professores sejam formados com uma Consistente Base Teórica, para enfrentar a realidade educacional brasileira. A questão de investigação foi formulada nos seguintes termos: A partir da concepção de formação humana e da concepção de formação de professores fundamentada na omnilateralidade, quais os elementos que permitem identificar possibilidades para alterar a organização do trabalho pedagógico (objetivo/avaliação e conteúdo/método) do curso de formação de professores de Educação Física da Universidade Federal da Bahia? A primeira hipótese é que para enfrentar a contradição da falta de professores e do esvaziamento teórico na formação são necessárias políticas de Estado e de Governo que apliquem recursos suficientes e mantenham programas sistemáticos, permanentes e de longo alcance; a segunda hipótese é a de que a prática do ensino se desenvolva com base na concepção omnilateral de formação humana e na concepção de Licenciatura Ampliada, isto dificultado, pela hegemonia da lógica formal em detrimento da concepção materialista histórica e dialética no trato com o conhecimento nos cursos de formação de professores. Os objetivos apresentados na tese são: (a) tecer a crítica aos rumos da formação humana no modo de produção capitalista em geral e na formação de professores em especial, (b) analisar empiricamente possibilidades de alterações a partir da organização do trabalho pedagógico orientando pela concepção omnilateral de formação e, (c) expor os elementos que podem ser generalizados para outros cursos que demonstrarão que é na escola atual que estão sendo levantadas as possibilidades fenomênicas e de essência para alterar os rumos da formação de professores no Brasil através da Práxis que se caracteriza utilitária ou revolucionária. Os dados empíricos sobre a Licenciatura Ampliada foram coletados no Curso de Licenciatura em Educação Física da Universidade Federal Bahia, visto ser ele um curso que reestruturou o currículo de graduação, aprovado em 2010 e implementado em 2011, com base na concepção de formação omnilateral. A análise dos dados tratados através da análise dialética materialista nos permitiram corroborar as hipóteses, identificando contradições e propondo superações. Os documentos analisados foram: o Projeto Político Pedagógico do curso de Educação Física da Universidade Federal da Bahia, a minuta do Eixo Práxis, os planejamentos das disciplinas Prática de Ensino I, II, III, IV e seus respectivos relatórios e o instrumento para a coleta de dados – o diário de campo sistematizado, para observar as mediações realizadas entre a proposta da reformulação curricular e o trabalho pedagógico nas disciplinas Prática de Ensino. A tese demosntra que a Consistente Base Teórica articulada a uma concepção de formação omnilateral, para formação de professores em geral e, em especial, de Educação Física, passa pela consideração do mais avançado em termos da teoria do conhecimento, a teoria marxista, a teoria pedagógica histórico-crítica e a metodologia crítico-superadora.

Endereço: https://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/18039

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.