Formação de Professores de Educação Física Para Inclusão Educacional Usando Tecnologia Assistiva

Por: Gabriela Gallucci Toloi.

212 páginas. 2015 12/02/2015

Send to Kindle


Resumo

As aulas de Educação Física, por serem constituídas de grande diversidade nos conteúdos programáticos pertencentes à área, fazem com que o professor necessite estabelecer estratégias de ensino e selecionar recursos pedagógicos adequados e/ou adaptados para que seu alunado desempenhe, adequadamente, as várias atividades propostas. No entanto, esse transcurso normal das aulas parece não ser tão tranquilo quando o professor defronta-se com alunos com deficiência, principalmente no ensino regular. Essa situação muitas vezes se atrela ao desconhecimento de como lidar com esses alunos, ou seja, o fator formação parece ser um problema encontrado, o que faz com que os professores necessitem de conhecimento mais aprofundado sobre como lidar, ensinar e escolher atividades para essa população. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho foi planejar, aplicar e avaliar um programa de formação para professores de Educação Física, visando à inclusão educacional de alunos com deficiência, por meio do acesso aos recursos de Tecnologia Assistiva. Para tal, dividiu-se o trabalho em 4 estudos: a) Estudo 1, que buscou identificar as dificuldades relatadas pelos professores de Educação Física ao trabalhar com alunos com deficiência em aulas inclusivas; a coleta de dados foi realizada através do Grupo Focal (GF) com os professores de Educação Física do município de Bauru; b) Estudo 2, que procurou caracterizar o contexto das aulas de Educação Física, provindas da prática do professor e também suas ações junto à inclusão escolar, utilizou-se como forma de registro a filmagem das aulas; c) Estudo 3, que buscou avaliar as aulas teóricas planejadas para um curso de formação continuada oferecido aos professores de Educação Física, como instrumento de coleta dos dados foi criado uma ficha de auto avaliação usando-se a escala Likert; d) O Estudo 4, que procurou analisar uma intervenção, utilizando recursos e serviços de Tecnologia Assistiva, ápos o planejamento de ações inclusivas de maneira colaborativa a ser aplicado durante as aulas de Educação Física, como forma de registro utilizou-se a filmagem e, em seguida, foi empregado para avaliação da intervenção. Os resultados dos quatro estudos foram relacionados uns aos outros e empregados como dados para a estruturação dos objetivos da pesquisa. Por meio do GF, puderam-se identificar dez temas como sendo as principais dificuldades relatadas pelos professores de Educação Física. Com a filmagem e caracterização das aulas, conseguiu-se contextualizar as ações do professor frente à inclusão e iniciou-se um processo de reflexão para a elaboração colaborativa de estratégias de intervenção focalizadas na inclusão dos alunos com deficiência e o uso da Tecnologia Assistiva. As aulas de formação propiciaram aos professores conhecimentos teóricos e práticos relacionados aos conteúdos abordados em relação à Educação Física e o uso de estratégias e recursos de Tecnologia Assistiva. Ao finalizar, foi possível verificar a utilização e a elaboração adequada dessas estratégias e recursos adaptados às necessidades específicas dos alunos com deficiência, provindas da intervenção, o que possibilitou proporcionar ao professor de Educação Física o conhecimento e o acesso aos recursos de Tecnologia Assistiva. Por fim, pôde-se concluir que a pesquisa conseguiu colaborar efetivamente para a formação do professor em busca da Inclusão Educacional de alunos com deficiência nas aulas de Educação Física por meio do uso adequado da Tecnologia Assistiva.

Endereço: http://www.marilia.unesp.br/#!/pos-graduacao/mestrado-e-doutorado/educacao/teses/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.