Formação de Professores: Diálogos Entre a Educação Física e a Psicologia

Por: Telma Sara Q. Matos.

158 páginas. 2015 23/02/2015

Send to Kindle


Resumo

Essa pesquisa pautou-se na busca da identificação de uma interface entre as áreas da Psicologia e da Educação Física (EF). O objetivo do estudo foi levantar as disciplinas de caráter psicológico presentes no currículo desses cursos, compreender se elas contribuem com a formação do professor de EF, e ainda verificar como isso acontece. É um trabalho que parte das questões psicológicas presentes na formação de professores, problematizando a produção dos conhecimentos em distintos períodos. Para tanto, realizou-se um levantamento dos referenciais científicos, baseando-se nas bases de dados bibliográficas sobre formação de professores nessas duas áreas. A pesquisa foi realizada em duas etapas: 1- análise documental dos respectivos Projetos Políticos Pedagógicos (PPP) dos cursos em questão e dos planos de ensino das disciplinas encontradas; 2- entrevistas com os professores responsáveis pelas disciplinas de Psicologia nos cursos de licenciatura em EF das referidas IES. Para análise dos dados optou-se por uma abordagem qualitativa do tipo descritiva, pautada em Strauss e Corbin (2008). A pesquisa compreendeu todas as IES públicas de MG, que oferecem cursos de Licenciatura em EF, do tipo presencial. Nos PPP buscou-se compreender o perfil profissiográfico desenhado nesse curso, baseando-se principalmente nas estruturas curriculares elaboradas para essa habilitação. Nas entrevistas foi usado um questionário semiestruturado com perguntas norteadoras, permitindo que os sujeitos expressassem livremente em suas respostas, os seus conceitos sobre as disciplinas que ministram. Foram realizadas 17 entrevistas do total de 17 professores, presentes em 13 cursos. Após a coleta das informações, analisamos sob o método proposto pelos autores supracitados, interpretando os dados e buscando apontar as interfaces entre as disciplinas de Psicologia e a formação do professor de EF. Todos os dados foram cruzados buscando-se a melhor compreensão dos questionamentos que geraram este estudo. Encontrou-se com relação à formação dos professores que ministram as disciplinas de Psicologia diferentes graduações como em História, em Educação Física, em Psicologia e ainda aqueles que possuem graduações nessas duas áreas. Foram encontradas 19 disciplinas de Psicologia nas estruturas curriculares analisadas, as quais foram categorizadas em 4 dimensões: Psicologia da Educação, do Desenvolvimento Humano, da Aprendizagem e do Esporte. Apresentou-se ainda as convergências e divergências entre todas elas, no que se referem às ementas, objetivos, conteúdos, avaliações e bibliografias, tanto daquelas elencadas nos PPP como nos planos de ensino das disciplinas, os quais foram apresentados pelos respectivos professores. As respostas dadas nas entrevistas foram sintetizadas em relação à contribuição da disciplina para formação do professor de EF, assim como o método e a avaliação usados para seu desenvolvimento. O estudo lançou reflexões em torno de aproximações entre Psicologia e EF, não como disciplinas isoladas, mas ambas trabalhando no intuito da valorização do indivíduo, das questões subjetivas e das relações sociais. Os cursos de EF devem se apoiar nas teorias psicológicas para aperfeiçoar a formação do professor dessa área, levando-o à compreensão das inter-relações pessoais, do processo de ensino e aprendizagem, do desenvolvimento humano e das questões psicológicas da prática esportiva.

Endereço: http://www.uftm.edu.br/ppged/index.php/pt-BR/dissertacoes

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.