Formação dos Professores de Educação Física Para Atuação na Ocorrência do Bullying em Escolas de Educação Básica

Por: Edson Raduenz.

125 páginas. 2011 28/02/2011

Send to Kindle


Resumo

Este estudo tem como propósito analisar a ocorrência do bullying nas escolas de educação básica, em especial, a formação dos professores de educação física quanto a sua formação inicial perante esse tipo de comportamento agressivo cada vez mais aparente no âmbito escolar. Assim foi realizada uma análise da configuração social gerada através da formação cultural estabelecida pela interdependência das relações de poder e como sua influência pode contribuir no comportamento entre pares. Foram abordadas algumas situações que configuram o relacionamento social considerando fatores de interação social necessária para o convívio sadio para a sociedade. A análise do comportamento da sociedade revela como as formas de interação entre grupos e seu desempenho social se define em um convívio coletivo. A relação entre indivíduo e sociedade modifica-se com o seu desenvolvimento cultural e cria os processos de formação pessoal através de atos e conseqüências que inculcam em cada elemento que compõe tal sociedade, sua função como agente participante das transformações sociais. A proposta desse estudo teve como objetivo, tentar entender a configuração social e a teia de interdependência que existe nas relações entre pares, neste caso, nas escolas de educação básica. Os estudos tiveram como base as pesquisas realizadas por Norbert Elias (1992, 1993, 1994, 1997 e 2000) norteando o pensamento e direcionando a pesquisa no caminho de descobertas das dificuldades de enfrentar o bullying no ambiente escolar. Os estudos baseiam-se também na discussão do currículo pós-crítico, diversidade e multiculturalismo referenciado pelos estudos de Silva T. (2007). Nas questões específicas sobre o bullying foram abordadas as pesquisas de Pereira (2002), Fante (2005, 2008). Em seguida, foi realizada uma análise da influência da formação de professores de Educação Física perante a ocorrência do bullying na escola de ensino fundamental. O estudo teve como proposta, analisar as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Licenciatura em Educação Física na perspectiva curricular pós-crítica; a diversidade (raças, gênero, etnia, sexo, cultura) e sua influência na manifestação do fenômeno de violência no âmbito escolar. Apontou-se o papel do professor de Educação Física quanto a sua formação por meio de conhecimentos conceituais e procedimentos na prevenção ou intervenção do bullying com expressões, manifestações e movimentos do corpo para uma conscientização humanizadora e social. A pesquisa indicou que ainda há necessidade de estudos mais aprofundados para a formação continuada dos professores deeducação física a fim de lhes dar mais segurança e conhecimentos perante as situações emergentes de bullying nas escolas.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.