Formação e Desenvolvimento Profissional do Treinador: Um Estudo Sobre os Treinadores de Basquetebol, Suas Identidade e Saberes

Por: e .

249 páginas. 2014 06/03/2014

Send to Kindle


Resumo

No contexto esportivo brasileiro, apesar do crescente movimento de valorização dos treinadores de esporte e do aumento significativo de cursos específicos para qualificação desses profissionais, ainda podemos identificar uma escassez de conhecimentos disponíveis sobre o treinador, sua formação e trabalho. No caso específico do basquetebol, esse fato não é diferente. Apesar de haver propostas pioneiras de formação, tais como cursos oferecidos pela Escola Nacional de Treinadores de Basquetebol, no âmbito da pesquisa científica há uma pouquidade de investigações sobre os treinadores de basquetebol. Diante desse quadro, o objetivo geral na pesquisa foi investigar a formação profissional de treinadores de esporte, com atenção especial para o processo de desenvolvimento profissional dos treinadores de basquetebol das categorias de formação. Por sua vez, o objetivo específico foi investigar o processo de constituição identitária dos treinadores de basquetebol das categorias de formação, com ênfase para os desafios enfrentados e os saberes profissionais mobilizados. A metodologia utilizada é de natureza qualitativa, fundamentada nos pressupostos das narrativas de vida em uma perspectiva etnossociológica, sustentada pela técnica da entrevista narrativa. Os sujeitos participantes foram treze treinadores de basquetebol vinculados às categorias de formação. Os resultados revelaram que a constituição identitária dos treinadores pesquisados é fruto de socializações sucessivas ao longo da vida pessoal e profissional, o resultado da negociação entre trajetória biográfica e relacional. No âmbito da socialização pré-profissional destaca-se o papel da educação artesanal, nos moldes da "escola de ofício¿. Na socialização profissional no curso de Educação Física sobressai a importância atribuída pelos treinadores aos saberes do campo da Didática. E na socialização profissional ao longo da carreira predomina as experiências de aprendizagem com treinadores mais experientes, bem como a construção de saberes profissionais em estreita relação com os desafios impostos pelas demandas de trabalho. As considerações finais apontam para a urgência de definição dos saberes dos treinadores a partir de uma epistemologia da prática profissional, construindo as bases para adoção de um modelo profissional de formação em oposição ao atual modelo acadêmico tradicional nos curso de Educação Física

Endereço: http://repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/275114

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.