Formação e Qualificação Para Atuação Profissional em Lazer: o Caso da Política Pública de Piracicaba - SP

Por: Gustavo André Pereira de Brito.

155 páginas. 2007 20/12/2007

Send to Kindle


Resumo

Essa pesquisa tem como objetivo diagnosticar qual a formação e como se processa a qualificação para atuação profissional dos recursos humanos que atuam nos programas e projetos de lazer desenvolvidos pela Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Atividades Motoras – SELAM, da prefeitura da cidade de Piracicaba-SP. Metodologicamente a pesquisa se caracterizou, quanto ao tipo, como uma combinação entre pesquisa bibliográfica, desenvolvida por meio do Sistema de Bibliotecas da UNIMEP e de ferramentas da internet; e pesquisa de campo, dividida em dois momentos: Primeiro realizamos a pesquisa documental junto a Prefeitura e a Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Atividades Motoras – SELAM com levantamento de dados relativo ao assunto e posterior análise de conteúdo; e num segundo momento passamos a pesquisar os espaços por meio de observação participante, que se pautou no acompanhamento da atuação dos profissionais em alguns equipamentos específicos de lazer na cidade de Piracicaba – SP. Além da observação participante, foi utilizada como técnica de coleta de dados o questionário, no intuito de possibilitar respostas mais complexas que permitam um maior esclarecimento dos fatos. A partir da observação participante e da aplicação dos questionários encontramos uma situação favorável à boa atuação profissional em esportes, principalmente pelo fato de todos os pesquisados serem formados em educação física e a grande maioria ter uma ou mais especializações na área; porém o entendimento de lazer é ainda restrito, tendo como fator principal para isso o fato de nenhum dos profissionais ter formação específica na área do lazer. Contudo, é necessário esclarecer que apesar do entendimento restrito e do desenvolvimento quase exclusivo dos conteúdos culturais físico-esportivos do lazer, a SELAM vem desenvolvendo alguns projetos permanentes, relacionados ao tema, como: Jogos Comunitários, Construindo o Futuro, Terceira Idade, Clarear, Desporto de Base e Programa de Férias; além de muitos eventos. Foi possível perceber também que a preocupação atual, do órgão, é no sentido de colocar Piracicaba novamente no cenário esportivo e de lazer no âmbito estadual, trazendo eventos de grande porte para a cidade. Com isso, nos dois últimos anos, dezenas de equipamentos específicos do lazer foram construídos e reformados, fato importante, porém, não podendo perder de vista que espaços sem os profissionais, animadores socioculturais, não cumprirão seus objetivos de: promover e dinamizar a cultura, por meio de atividades críticas e criativas; desenvolver a participação e o associativismo nas comunidades, fato pouco verificado na cidade; formar permanentemente e educar para o lazer. Outro fato que nos chamou a atenção foi a contratação exclusiva de professores de educação física, mesmo para atuação em projetos de lazer, tendo em vista se tratar de um campo de atuação multiprofissional (lazer), onde cada conhecimento, técnica ou disciplina é fundamental na construção de uma prática capaz de reverter a ordem estabelecida. Constatamos ainda que, atualmente, são poucos os espaços reservados a qualificação, por parte da secretaria, estando restritos a participações em eventos locais, geralmente ligados ao esporte. Não há na Instituição um programa específico de capacitação, atualização e qualificação profissional; entretanto, em outros momentos históricos foram disponibilizados espaços, inclusive semanais, para reuniões administrativas e pedagógicas com palestras e discussões sobre o tema, além de servir como espaço coletivo para o planejamento e a avaliação das ações. É necessário retomar as práticas estabelecidas anteriormente no sentido de promover discussões específicas sobre o lazer e a atuação dos animadores socioculturais para que todos os profissionais que atuam com a temática possam comprometer-se com um projeto transformador de sociedade, com a intenção de tornar a realidade mais justa e igualitária, que respeite as diferenças e crie novas possibilidades de participação cultural.

Endereço: https://www.unimep.br/phpg/bibdig/aluno/visualiza.php?cod=882

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.