Formação Para a Atenção Primária à Saúde: Um Estudo de Caso da Turma de Profissionais de Educação Física do Curso de Especialização em Atenção Básica em Saúde da Família da Ufmg

Por: Denise Mourão Falci.

2013

Send to Kindle


Resumo

A entrada recente do Profissional de Educação Física na Atenção Primária à Saúde,principalmente após a sua inserção no Núcleo de Apoio à Saúde da Família, evidenciou a sua frágil formação para este contexto. Este trabalho objetivou analisar uma estratégia de formação do Profissional de Educação Física para sua inserção na Atenção Primária à Saúde, com os seguintes objetivos específicos: resgatar a trajetória do Profissional de Educação
Física na atenção primária; identificar os desafios enfrentados por eles nesse nível de atenção e analisar a sua formação para a Atenção Primária à Saúde. Trata-se de pesquisa qualitativa e exploratória do tipo estudo de caso. Foram utilizados diferentes instrumentos de coleta de dados: pesquisa documental, grupos focais e entrevista semiestruturadas. Na pesquisa documental foram utilizados artigos científicos, livros, dissertações e teses, além de documentos governamentais e institucionais. A partir da pesquisa documental, contextualizou-se historicamente a inserção da Educação Física na atenção primária com ênfase em sua formação para este campo. Foram realizados dois grupos focais entre 15 bacharéis em Educação Física, alunos do Curso de Especialização em Atenção Básica em Saúde da Família/ UFMG. As entrevistas semiestruturadas foram realizadas individualmente com os seguintes informantes-chave: um representante da coordenação do curso lato sensu mencionado, um representante do curso de Graduação em Educação Física (bacharelado)/UFMG e um representante da presidência do Conselho Regional de Educação Física da 6ª região/ Minas Gerais. Os dados foram analisados por meio da Análise de Conteúdo, resultando nas seguintes categorias: inserção na Atenção Primária à Saúde; formação para a Atenção Primária à Saúde; e dificuldades. Os resultados possibilitaram evidenciar que a inserção do Profissional de Educação Física neste campo é recente e positiva, além de ser mencionada como uma quebra de paradigma para a profissão. No entanto, os indivíduos declararam que a formação graduada é insuficiente para a sua atuação na atenção primária, revelando a necessidade de mudanças curriculares, e identificando a pós-graduação como importante estratégia para minimizar essa deficiência. Neste contexto, o Curso de Especialização em Atenção Básica em Saúde da Família foi apontado como uma importante estratégia de formação do Profissional de Educação Física, para o qual foi sugerida a sua continuação e expansão. As dificuldades relatadas retrataram a resistência em se integrar às equipes, a indefinição de atribuições e a inexistência de um plano de metas. Concluiu-se que a inserção recente do Profissional de Educação Física na atenção primária trouxe expectativas positivas, porém a frágil formação graduada para a atenção primária dificulta a sua inserção nesta área, sendo necessária a implementação de estratégias que estejam em consonância com os princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde.
Palavras-chave: Educação Física. Atenção Primária à Saúde. Saúde da Família. Formação de Recursos Humanos.
 

Endereço: http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/handle/1843/BUOS-97YGRY

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.