Formação de Professores de Educação Física e Seus Desdobramentos na Perspectiva dos Processos de Inclusão/exclusão: Reflexões Sobre Brasil e Portugal

Por: Michele Pereira de Souza da Fonseca.

2014 02/06/2014

Send to Kindle


Resumo

A presente tese se propôs a investigar a formação dos estudantes dos cursos de Educação Física em duas Universidades públicas (Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil e a Universidade do Porto, Portugal) com relação à inclusão em educação, tendo como referencial de análise e discussão a estrutura conceitual compreendida em suas três dimensões: a construção de culturas, o desenvolvimento de políticas e a orquestração de práticas inclusivas/excludentes. Apoiei-me nos autores Sawaia (2008), Booth e Ainscow (2002; 2012) Santos e Paulino, 2008; Santos, Fonseca e Melo (2009) para discutir os processos de inclusão/exclusão e as dimensões culturas, políticas e práticas. Para refletir sobre a formação docente, baseei-me em Nóvoa (1997, 2002, 2009), e especialmente no que tange a diversidade, em Canen (2001, 1997a, 1997b). Metodologicamente, esta tese constituiu-se numa pesquisa qualitativa, tendo em vista a abordagem do problema, porém utilizei abordagens quantitativas como forma de complementar os procedimentos e os dados qualitativos. Os dados foram coletados por meio de pesquisa documental, realizada nos documentos norteadores das disciplinas obrigatórias que compõem o currículo de formação de professores em Educação Física para atuar no âmbito escolar, e questionários online que foram direcionados para professores e estudantes desses cursos. Recorri à Análise de Conteúdo (BARDIN, 2004) para tratar os dados, e utilizando os instrumentos de coleta citados, realizei a triangulação dos dados. A pesquisa foi de cunho comparativo no sentido de identificar peculiaridades e contrastes, aproximações e distanciamentos em cada caso estudado, sem generalizações. Os resultados mostraram que, quando há preocupação com a diversidade, o olhar se volta para a prática futura e não para os estudantes dos cursos, isto é, há certa preocupação com a formação para diversidade e não com a formação na diversidade. Em ambos os cursos a ênfase nas práticas também é algo muito evidente, valorizando o rendimento e a técnica. A discussão envolvendo os processos de inclusão/exclusão estão diretamente relacionados à necessidade de mudanças processuais e cotidianas. 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.